Carregando...

ISO 14001

ISO 14001

A família de normas ISO 14000 trata de gerenciamento ambiental, indicando às empresas o que devem fazer para minimizar os impactos ambientais de suas atividades e melhorar continuamente seu desempenho ambiental . A família contempla as seguintes normas:

ISO 14001: trata dos principais requisitos para as empresas identificarem, controlarem e monitorarem seus aspectos ambientais, através de um sistema de gestão ambiental ;
ISO 14004: complementa a ISO 14001 provendo diretrizes adicionais para implantação de um sistema de gestão ambiental;
ISO 14031: guia para avaliação de desempenho ambiental;
ISO 14020: conjunto de normas que tratam de selos ambientais;
ISO 14040: conjunto de normas para conduzir análises de ciclo de vida de produtos e serviços;
ISO 14064: contabilização e verificação de emissões de gases de efeito estufa para suportar projetos de redução de emissões;
ISO 14065: complementa a ISO 14064 especificando os requisitos para certificar ou reconhecer instituições que farão validação ou verificação da norma ISO 14064 ou outras especificações importantes;
ISO 14063: trata de comunicação ambiental por parte das empresas .
Além destas, já existem outras normas em desenvolvimento:

ISO 14045: requisitos para análises de eco-eficiência;
ISO 14051: norma para MFCA – Material Flow Cost Accounting, ou em tradução literal, contabilidade de custos dos fluxos de materiais, uma ferramenta de gerenciamento que busca maximizar a utilização de recursos, principalmente em manufatura e processos de distribuição;
ISO 14067: norma para pegada de carbono em produtos, tratando de requisitos para contabilização e comunicação de emissões de gases de efeito estufa associados a produtos;
ISO 14069: guia para as empresas calcularem a pegada de carbono em seus produtos, serviços e cadeia de fornecimento;
ISO 14005: guia para a implementação em fases de um sistema de gestão ambiental para facilitar sua adoção por pequenas e médias empresas;
ISO 14006: norma para “ecodesign”;
ISO 14033: diretrizes e exemplos para compilar e comunicar informações ambientais quantitativas;
ISO 14066: requisitos para as empresas que farão a validação e a verificação de emissões de gases de efeito estufa.
Todas as ferramentas são desenvolvidas de forma a permitir seu uso conjunto e têm
como benefícios de adoção a redução do uso de matérias-primas e de energia, processos
mais eficientes, redução de lixo e de custos de descarte e utilização de recursos renováveis.
Associados a estes benefícios econômicos, existem também os benefícios ambientais –
esta é a contribuição da família ISO 14000 para a sustentabilidade e para o conceito do
Tripple Botton Line. Além da ISO 14000, outras normas ISO relacionam-se ao conceito do
Tripple Bottom Line: ISO 26000, sobre responsabilidade social empresarial, ISO 50001, para
gerenciamento de energia, entre outras